DRM FIES 2019: O que é? Liberação de DRM, Vencida e Aditamento

Procurando por informações sobre o DRM FIES 2019? Então saiba que está no lugar certo, pois aqui reunimos todos os detalhes que envolve este processo. Para mais informações sobre o DRM FIES 2019, basta apenas continuar nos acompanhando! 

DRM FIES 2019

DRM FIES 2019

O que é o DRM FIES 2019?

O DRM, é o Documento de Regularidade de Matricula, o qual serve para formalizar a contratação do financiamento, onde o aluno deve levar este documento ao agente financeiro, ou seja, o banco, para a contração. 

Além disso, este documento serve como forma de comprovação da renovação de matrícula, aditamento seja ele simplificado ou não simplificado.

✓ Você sabia que o FIES mudou? Veja as novas regras sobre:

Sabemos que os contratos do Fies precisam ser renovados todo semestre. O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas faculdades e, em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas instituições no SisFies. 

Feita a renovação, é necessário que os estudantes entreguem ao Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal o Documento de Regularidade de Matrícula, mais conhecido como DRM FIES 2019

Abaixo, confira mais informações sobre!


Como fazer a renovação ou aditamento do FIES?

Como já é do seu conhecimento, o aditamento do FIES poderá ser simplificado ou não simplificado. Este procedimento é feito duas vezes ao ano, ou seja, a cada seis meses. 

O aditamento é feito unicamente pela internet, através do site do SisFies

Assim que o estudante conferir todas as suas informações ele deverá prosseguir da seguinte maneira:

  • O estudante terá apenas 20 dias para comparecer na CPSA se todos os dados estiverem corretos para retirar o Documento de Regularidade de Matrícula ou DRM FIES 2019. O presidente da comissão ou o seu vice deve assinar este documento.
  • Se o estudante conferiu as informações e verificou que elas estão incorretas, então, ele deverá entrar em contato com a CPSA para corrigir essas informações e recomeçar o processo de aditamento.

Passo a passo para realizar o aditamento FIES 

Ciente de todas as informações referentes a este processo, chegou o momento de saber como funciona o aditamento. 

Abaixo, montamos um simples passo a passo. Confira!

  • Após ter recebido uma mensagem no e-mail do CPSA, o estudante deverá acessar o site SisFies. O mesmo poderá acessar → Clicando aqui;
  • Nesta página, clique em “Aditamento de contrato”;

  • Faça o login e verifique todos os seus dados. Se tudo estiver correto clique em “sim”;
  • Se preciso, altere alguma informação que achar necessário e em seguida clique em “Confirmar aditamento”;
  • Ao finalizar, parecerá uma nova tela confirmando a realização do Aditamento.

Atenção! Para os aditamentos não simplificados, os estudantes terão um prazo de até 10 dias para comparecerem com seus fiadores ou representantes legais para assinarem o aditamento nos agentes financeiros.

Saiba quais são as taxa de juros FIES 2019!

No caso do aditamento não simplificado, o estudante precisa apresentar os seguintes documentos no banco:

  • RG do fiador e do estudante;
  • CPF do fiador e do estudante;
  • Comprovante de residência atualizado do fiador e do estudante;
  • Certidão de Casamento (se houver);
  • Termo de concessão de bolsa parcial (no caso de Prouni);
  • Comprovante de rendimentos do fiador;
  • DRM FIES 2019 do estudante.

É de suma importância que você que tem seus estudos financiados com o FIES, realize este procedimento, pois caso o aditamento não seja feito dentro do prazo estipulado, seu financiamento será automaticamente cancelado. 

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.5
Total de Votos: 2

DRM FIES 2019: O que é? Liberação de DRM, Vencida e Aditamento
    1. Evanderson

    Adicione Seu Comentário