Suspensão FIES 2019: Como trancar? REGRAS

Embora todo e qualquer programa do governo para estímulo da educação sejam bem vindo. Pode acontecer de no meio do curso você precisar fazer a suspensão FIES 2019. Ou ainda, ter conseguido uma vaga gratuita em uma instituição pública. Por tanto, deve ter conhecimento de como funciona a suspensão FIES 2019. Assim evita dores de cabeça e complicações desnecessárias.

Suspensão FIES 2019

Suspensão FIES 2019

Como funciona o FIES 2019?

O programa do Ministério da Educação (MEC) Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um projeto que financia os cursos de graduação em instituições privadas. Por meio do FIES os alunos pagam as mensalidades somente após a conclusão do curso. Permitindo a ambientação na área de trabalho, junção das economias para enfim fazer o pagamento.

✓ Veja ainda informações atualizadas sobre:

Atualmente, o programa foi dividido em 3 categorias. Na primeira modalidade, as vagas são ofertadas com a possibilidade de pagamento à juros zero para aqueles que tiverem uma renda per capita (por pessoa) mensal familiar de até três salários mínimos.

As outras duas categorias são destinadas aos estudantes com renda familiar de até cinco salários mínimos por pessoa na família.

As inscrições FIES 2019 acontecem via internet. Se selecionado, o candidato deverá completar informações da sua inscrição e, em seguida, inserir mais informações para contratação do financiamento.


Contratação do FIES 2019

A contratação do FIES 2019 envolve processos burocráticos. Por isso que a suspensão do FIES 2019 também deve ser feita de forma legal. Assim, o aluno evita qualquer tipo de problema.

Na adesão do programa, após a inscrição no Fies Seleção no início do semestre, o candidato precisará criar um conta bancária na agência credora.

Em alguns casos é necessário ter um fiador, uma pessoa que se responsabilize pelo pagamento caso o estudante não o faça. A validação dos documentos deve feita na secretaria da universidade ou nos setores que cuidam do programa na instituição.

O pagamento do financiamento acontece 1 mês depois da conclusão do curso. Se o usuário possuir renda compatível com a parcela a ser paga no FIES.

O prazo máximo para a quitação da dívida é de quatorze anos. Além disso, o estudante deve pagar mensalmente o valor referente ao encargo operacional fixado em contrato.


Suspensão FIES 2019

Embora este seja um programa sério e burocrático, a suspensão FIES 2019 não é tão complicada. O processo pode assustar os usuários, mas com informação todos conseguem finalizar o seu contrato sem nenhuma dificuldade. O primeiro passo pode ser dado via internet, no site do SisFIES. O processo virtual acontece até o dia 15 de cada mês.

O aluno deve acessar o site e iniciar o seu cadastro. Inserindo CPF  e senha. Login criado ainda no período de inscrição. Selecione  ‘Aditamento Disponíveis’. Logo abaixo ficará disponível a opção ‘Encerramento’. Será necessário selecionar o semestre disponível.

O usuário vai precisar quitar o seu contrato para finalizar a associação ao programa. São 4 opções para fazer o pagamento:

  • Liquidar saldo devedor no ato do encerramento: eliminando total vínculo com o FIES e pagando o valor total;
  • Permanecer na fase de utilização: esta opção é utilizada por aqueles que desejam dar continuidade ao curso. Mas sem a participação no programa. O contratante deve pagar  a fase de carência e de amortização. Os valores estão previstos no contrato;
  • Antecipar a fase de carência: as parcelas podem ser pagas no mês seguinte. Sem a necessidade de esperar 18 meses de carência;
  • Antecipar a fase de amortização: esta é a opção que permite o parcelamento total do valor do FIES.

Para finalizar, o usuário vai precisar comparecer ao banco que realizou o financiamento. É interessante o seu fiador o acompanhe.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 1

Suspensão FIES 2019: Como trancar? REGRAS